HIPOPARATIREOIDISMO

  • HIPOPARATIREOIDISMO

O hipoparatireoidismo é uma doença relacionada à deficiência de ação do paratormônio (PTH) por diminuição da sua secreção ou resistência às suas ações nos órgãos alvo, podendo o PTH, nesta última situação, estar inclusive aumentado. São várias as causas, genéticas ou adquiridas. Pode ocorrer de forma esporádica ou familiar, isolada ou não. Os sinais e sintomas, agudos ou crônicos, estão relacionados à hipocalcemia e às síndromes/patologias que cursam com/causam o hipoparatireoidismo.
Dentre as causas de hipoparatireoidismo associadas a diminuição do PTH destacam-se: pós-operarório, autoimunes, agenesia/hipoplasia das paratireóides ( PT), hipocalcemia hipercalciúrica autossômica dominante, associado a doenças metabólicas/ infiltrativas/granulomatosas, neuromiopatias, pós-irradiação de região cervical ou dose terapêutica com I 131 para doenças tireoidianas.
O pseudohipoparatireoidismo caracteriza-se por resistênca ao PTH, cursando com hipocalcemia, hiperfosfatemia e aumento do PTH, não havendo resposta de tecidos alvo ao hormônio. Portanto, existe um estado de hipoparatireoidismo, apesar do PTH aumentado.
As manifestações específicas do hipoparatireoidismo, bem como das síndromes de resistência ao PTH, estão basicamente relacionadas à hipocalcemia. Os demais sinais e sintomas são devidos à doença subjacente ou associada. Podem ocorrer irritabilidade neuromuscular, parestesias periorais, na língua e extremidades, cãibras, dolorimento muscular, fadiga, convulsões, tetania, laringo e broncoespasmo, sinais de Trousseau e Chvostek, alterações neuropsiquiátricas, pele seca, dermatite exfoliativa, eczema, unhas frágeis, cabelos espessos, alopecia, alterações do esmalte dos dentes, aumento da incidência de cáries, retardo da erupção dentária, disfagia, dor abdominal, diarréia, catarata, ceratopatia em banda, papiledema, cardiomiopatia, insuficiência cardíaca, aumento do intervalo QT ao ECG, arritmias ventriculares, entre outros. Os sinais e sintomas são dependentes da intensidade e da instalação aguda ou crônica da hipocalcemia.
No diagnóstico diferencial devem ser lembradas outras patologias que causam hipocalcemia, como alterações do metabolismo da vitamina D, perda aumentada de cálcio e síndrome da “fome óssea”, que pode ocorrer após cirurgia para hiperparatireoidismo.

Arlt W et al. Well-being, mood and calcium homeostasis in patients with hypoparathyroidism receiving standard treatment with calcium and vitamin D. Eur J Endocrinol, 2002, 146 (2): 215-22.
Goswami R et al. Prevalence of calcium sensing recep

Exames